quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Divulgação do livro "A Rainha dos Vampiros"

Para aqueles que como eu são super fãs da série, vim trazer-lhes dois trechos do livro "Alma e Sangue - A Rainha dos Vampiros" que neste mês de Novembro será lançado pela Editora Aleph e escrito pela maravilhosa Nazarethe Fonseca. E para aqueles que ainda não conhecem a série, ela é composta por quatro livros: O Despertar do Vampiro, O Império do Vampiro, O Pacto dos Vampiros (Sorteio no Blog, clique aqui!) e por último para fechar com chave de ouro A Rainha dos Vampiros.
Como já estamos no mês de lançamento (e super anciosos), algumas partes foram liberadas para nos fazer delirar um pouco.

Uma delas é protagonizada por Ariel (o rei dos vampiros) e Kara (a campeã do rei):

“Kara acreditou que perderia os sentidos tamanha a confusão que sentia, mas, num grande esforço, conseguiu afastar Ariel. O rei a soltou aborrecido ao ver seu abatimento.
– Estou farto de suas crises de culpa, Kara.
Ariel Simon foi para o outro lado do quarto e se serviu de um cálice de sangue, enquanto a fitava atento. Ele o sorveu num gole só como se tentasse buscar calma dentro de si para suportar os caprichos da vampira que amava e o prendia numa rede tão forte que  poderia sufocá-lo.
– Tenho suportado estes encontros furtivos, mentido para Jan Kmam e todo o resto para mantê-la em minha cama, porque assim você deseja. Mas não pretenda fugir de mim a essa altura, porque não será tão fácil dessa vez. Quando Jan despertou e a salvou eu engoli meu orgulho e a deixei partir, mas já basta de bancar o vampiro bonzinho, o rei justo que tudo tolera. Você é minha!
– Ariel…Por favor, eu não sei o que aconteceu…
– Agora chega! Se continuar agindo como se não fôssemos amantes vou procurar Jan Kmam e lhe contar a verdade. Aí você vai precisa escolher, e bem depressa. Mas eu garanto que sou bem mais fiel que ele. Sou doce e protetor, mas não ouse provocar o demônio que existe dentro de mim. Ele é bastante cruel quando deseja. – Ariel a segurou nos braços e ameaçou furioso.
– Do que está falando…?”

E a outra parte por Jan Kman (maravilhoso, além de mestre e amante de Kara) e Consuelo ( a odiosa):

Jan se erguer do chão sujo de sangue e poeira. Tocou o ventre ferido e viu os cortes fechando lentamente, precisava se alimentar. Na pressa de procurar o rei não buscou alimento. Limpou o rosto com as costas da mão e se colocou de pé, trôpego.
– Jan você está bem?
Consuelo apareceu ao seu lado e o apoiou quando ele vacilou. A vampira passou seu braço sobre os ombros delicados e tocou seu rosto. Mas ele teve uma reação bem diferente da que ala esperava e a surpreendeu. Ele a segurou pela garganta e apertou.
– Veio terminar com o que Seth começou? – Jan perguntou, a erguendo do chão com o resto de força que lhe restava.
–Não…! Jan você está me machucando… Solte-me – ela pediu tentando afastar sua mão.
– Vai ser preciso mais que você!
Jan Kmam a soltou num empurrão e começou a andar para longe do beco. Kara e Vitor o seguiram assim como Consuelo.
– Fique longe, ou, eu juro, a matarei, Consuelo! – disse Jan, sentindo os cortes se fecharem.
– Diga-me que está bem e eu irei. – ela pediu.

Isso me deixa mais anciosa para ler o livro. E você?

Um comentário:

  1. Oi Denise.
    Já li o 1º vol da serie, é legal.
    Não sabia q eram tantos livros O.o
    Bj!

    PS: Os marcadores finalmente chegaram. São a coisa mais linda. Eu realmente amei, sou louca por marcadores *.*
    Mil obrigadas!

    -Amigas Entre Livros-

    ResponderExcluir