quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Resenha: Alma e Sangue - O Despertar do Vampiro

Livro: Alma e Sangue - O Despertar do Vampiro
Autor: Nazarethe Fonseca
Editora: Aleph
Página: 416
Ano: 2009

Sinopse:
Kara Ramos é uma jovem restauradora, determinada e espirituosa, que aceita o desafio de reformar um casarão abandonado na cidade de São Luís, no Maranhão. Porém, o que ela jamais poderia imaginar era encontrar adormecida no sótão uma criatura com mais de 300 anos, sedenta de sangue e vingança.
Agora que despertou, o vampiro Jan Kmam irá até as últimas consequências para se vingar de seus inimigos. Para tanto, não hesitará em envolver Kara em seu mundo de sombras e sedução.
Nazarethe Fonseca nasceu em São Luís, Maranhão. Começou a escrever aos 15 anos, após um sonho que se tornaria seu primeiro livro, uma trama policial. É autora da saga Alma e Sangue, iniciada com O Despertar do Vampiro e que prossegue em O Império dos Vampiros e O Pacto dos Vampiros (suas resenhas também farão parte do blog). Escreveu também Kara e Kmam, e publicou contos nas coletâneas Necrópole: Histórias de Bruxaria e Anno Domini. Mora atualmente em Natal, Rio Grande do Norte. Ela possue um blog da saga oficial.


Está mais que na hora de acabarmos com os preconceitos a respeito de nossos belissimos escritores, todos tem exerlentes capacidades de escrever tão bem quanto os estrangeiros. E aqui estou para apresenta-los esta escritora brasileira Nazarethe Fonseca.

Estava passeando pelas estantes da livraria FNAC, quando me deparei com um belissimo livro, em sua capa uma espada com uma rosa vermelha. Isso me chamou muita atenção e ao ler a sinopse fiquei muito curiosa, mais o devolvi na estante, pois minha sacola já estava cheia. Resultado em menos de uma semana voltei para buscá-lo.

É um livro maravilhoso com uma história chamativa, que te envolve e te faz devorar as páginas.

Tudo se passa em São Luís do Maranhão (cidade da escritora), Kara sempre quis restaurar o casarão velho que sempre chama a atenção de quem passa, e ao realizar seu sonho descobre um segredo adormecido na casa: Jan Kman. Um vampiro de 300 anos que consegue arrancar suspiros de qualquer mulher em sã consciencia, ele é um vampiro alto, forte, loiro de olhos azuis e completamente másculo. E nossa querida heroína Kara Ramos acaba despertando sem querer.
Mais nem tudo é um mar de rosas tendo em vista que Kara se enraivesse com a autoridade de Jan, muitos conflitos surge desta relação, assim como um belo romance ardente. Mais tudo se transforma quando Kara descobre que Jan é um vampiro, mais nem por isso ela deixa de querê-lo.

A autora nos prende em seu enredo cheio de reviravoltas, suspense, demonstrações de ódio, revoltas, lutas, intrigas, inveja e perigo simplesmente saindo da monotonia e nos incitando a continuar a leitura. E um grande diferencial é que os vampiros de Nazarethe Fonseca tem que seguir suas leis fervorosamente sem sair da linha, pois o castigo muitas vezes é a morte. E o principal a história se passa no Brasil e não no exterior como muitos escritores preferem.




Indico a todos que gostam de uma boa leitura. Seus personagens são dignos de nossa admiração assim como tem aqueles que são dignos de nosso eterno ódio.

Ficou curioso quer conhecer os personagens visite a Websérie da saga.

Um comentário:

  1. A-D-O-R-E-I esses Dolls, ficaram muito parecidos.
    Já li da série o Despertar do Vampiro e O Império dos vampiros, ainda vou ler Pacto mas eu tô maluca é para ler Kara e Kmam.

    ResponderExcluir