terça-feira, 30 de agosto de 2011

Nova Editora Parceira



Écom muita alegria que anúncio minha parceria com a Editora Tarja Editorial.
A Editora: A Tarja Editorial é a maior editora exclusiva de Literatura Fantástica brasileira, consolidada através das apostas em novos nomes da literatura fantástica brasileira e na apresentação do que há de melhor na literatura contemporânea estrangeira.

Conheça alguns de seus livros:

Sinopse:

Um livro. Sete contos de fadas para adultos. Novos contos de fadas, não releituras dos clássicos, que brincam com seus elementos tradicionais: príncipes e princesas, bruxas (boas e más), maldições, bosques misteriosos, feras falantes. Mas com uma roupagem adulta, sem censura nem maniqueísmo. Nada de lutas do bem contra o mal: a dualidade está presente em todos e é dentro de cada um de nós que a grande luta ocorre. Estas narrativas procuram resgatar a essência dos contos de fadas originais, contados ao pé do fogo numa época em que não havia divisão entre “histórias para adultos” e “histórias para crianças”.

 
Sinopse:
A segunda metade do século XXI não é uma época ideal para viver. Especialmente quando o nosso planeta foi gentilmente “ocupado” por duas espécies alienígenas, que decidiram importar-nos Utopias essencialmente antagônicas, e por uma terceira, que se propõe eliminar as restantes com a máxima eficiência.
Mas a verdade é que não existem almoços gratuitos e tudo tem um preço. Que fazer quando nos oferecem de mão beijada o contato direto com Deus, ou a felicidade absoluta da perda do “Eu” pela integração a um Bem Maior? Que fazer quando três novas ecologias devoram o já fragilizado ecossistema terrestre? Como proceder quando os humanos rejeitam visceralmente a irrecusável presença do Outro? Como manter contato? Como se comunicar com monstros? Nada mais simples que o comprimido negro. A droga da empatia. O amor sintético por tudo quanto é estranho em forma de uma pílula.
Joana Mendes, a jovem vítima do Projeto Candy-Man, vai ter de provar, num longo e inesquecível dia de babá (caso consiga sobreviver!) a eficácia desse tipo de droga. Tomar conta de quinhentas crias alienígenas não parece tarefa fácil. Principalmente quando o “parque infantil” é uma floresta carnívora e as “crianças”… estas são tudo, menos isso. Traída por todos aqueles em quem deveria confiar, Joana vai apenas a depender da bondade dos estranhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário