quarta-feira, 10 de outubro de 2012

[Entrevista] Daiane Coll compartilha conosco suas experiências

A entrevistada de hoje é a autora Daiane Coll que escreveu "Irresistível", como já disse antes eu a conheci através do Skoob. Agradeço desde já pela disponibilidade dela e pelo carinho com que ela tem me tratado.
Vamos a entrevista (risos).

Foto -Daiane Coll 

Daiane Coll sempre cultivou o hábito da leitura, em especial de romances de ídolos como Nicholas Sparks, Meg Cabot e Nora Roberts, mas nunca imaginou escrevê-los. Daiane trabalha como Policial Civil em sua cidade natal, Curitiba, onde reside com seu marido e os três filhos.

1-      O que te motivou a escrever seu livro "Irresistível". E de onde tirou a ideia para o livro?
Sempre tive sonhos muito nítidos. Quase toda manhã acordava e descrevia para o meu marido alguma história estranha com que havia sonhado. Uma noite, no último período da faculdade de Direito, li uma entrevista da Stephenie Meyer, onde ela contava que Crepúsculo nascera de um sonho, e como passava algumas madrugadas acordada por causa do filho pequeno, decidira escrever. Naquele momento veio o insigth - tinha sonhos nítidos e um filho pequeno que também me cobrava algumas horas de sono. Durante a aula mesmo comecei a digitar os primeiros capítulos, os quais ia mandando por e-mail para minha colega e primeira incentivadora Andressa. Fomos para casa e entramos madrugada adentro com ela sempre pedindo "manda mais" a cada final de capítulo. Em duas semanas o livro estava escrito.
 
2-     Enquanto escrevia "Irresistível" você sentiu alguma dificuldade no processo de criação ?
No processo de criação não. A dificuldade maior veio na hora da correção. Nunca fiz nenhum curso de escrita e acreditava estar mandando bem. Quando o primeiro rascunho voltou todo rabiscado pelo consultor literário James Mcsill, vi que tinha muito a apreender. Esse processo demorou meses.
 
3-      "Irresistível" terá continuação ?
Sim. O título provisório é "Inesperado". Foi escrito na sequência do primeiro e está em análise na Editora. Infelizmente ainda sem uma previsão de data.
 
4-    Como foi sua busca por uma editora que publicasse seu livro ?
Por pesquisas na internet. Muitas se oferecem para publicar seu livro, mas me foquei na qualidade daqueles que estavam prontos e conversei com alguns autores antes de decidir. Infelizmente publicar livro no Brasil é difícil. Só por amor ao seu trabalho que você continua. E depois pelo carinho dos leitores.
 
5-      O que você acha de ser escritora em um país onde ler é um hábito de poucos?
Como disse anteriormente, é por amor ao que você faz. Não se pode publicar um livro esperando sobreviver com a venda dele (salvo raras exceções), ainda mais no Brasil, onde a maioria dos leitores não dá chance aos autores nacionais. Outro problema é a falta de incentivo a leitura na escola e em casa, além dos preços abusivos.
 
6-      Percebeu alguma mudança na sua rotina depois de se tornar escritora?
Sim. Escrever se tornou um hábito. Um hobby. O momento em que mando embora todo o estresse do dia. E agora anseio por meus sonhos loucos.
 
7-      Você poderia deixar uma mensagem para os leitores?
Leiam muito. Não só livros, como jornais, revistas, gibis. E conheçam os autores nacionais. Não estou pedindo que abandonem seus ídolos internacionais (eu mesma tenha um monte), mas tem muito escritor perto de você, esperando pela chance de conquistá-lo.
 
Rapidinho:
Livro: 
Difícil. Amo Harry Potter, Anjos e Demônios, O Código da Vinci, entre outros. Mas no momento estou viciada em Games of Thrones.

Autor: 
J. K. Rowling, Luis Fernando Veríssimo, Rick Riordan, Eduardo Spohr...  

Um lugar: 
Florianópolis

Uma frase: 
"Se quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo. Quem acredita, sempre alcança." - Renato Russo  



2 comentários:

  1. Parabéns pela entrevista Denise! Estou ansiosa para ler o livro da Daiane Coll, Irresistível! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Daiane, continue escrevendo, começamos a ler e no final do livro fica aquele gostinho de """quero mais"""...

    ResponderExcluir