domingo, 26 de junho de 2011

Resenha do livro "Estrela Píer - O tempo, a chuva, o outro"

Livro: Estrela Píer - O tempo, a chuva, o outro
Autor: Kamila Delensky
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira (Novo Século)
Ano: 2009
Páginas: 231

Lucia tem uma vida monótona e previsível até vencer o concurso mais cobiçado do momento. Não apenas ganha uma viagem para Londres, como também um jantar com o ator inglês Richard Clevehouse.
O que era sorte, entretanto, muda de cor. Richard, o belo ator de olhar sombrio, guarda um segredo: a vida de Lucia corre perigo. E ele fará de tudo para protegê-la, mesmo que, em troca, tenha de sofrer muito mais do que espera.

Das certezas, apenas uma: Não há para onde fugir!

Kamila Denleski é escritora e colunista apaixonada por chocolate, Guns’n'Roses e James Dean. Cresceu em Santo André e estudou na ECA/USP. Escreve desde os oito anos e é apaixonada pelo seu trabalho. Tem preferência por vilões e nunca se lembra da própria idade.

Eu estava andando pela livraria e encontrei as estantes de Literatura Nacional (imagina qual foi minha surpresa ao descobrir que são as menores estantes da livraria, e pode acreditar quando eu digo menores, são menores mesmo). E encontrei um pequeno livro chamado “Estrela Píer”. Encantou-me a capa, e lendo a sinopse tive que colocá-lo em meu cesto de livros que já estava cheio.

Há algum tempo atrás eu tinha certo pré-conceito sobre literatura Nacional, mas aí eu conheci algumas escritoras nacionais e decidi dar uma chance para nossa literatura e imagina quando descobri que elas são tão boas quanto às estrangeiras. Temos que valorizar o que é nosso, também acredito que ainda muitos torcem o nariz, mas isso vai continuar enquanto eles não decidirem assim como eu dar uma chance. Apresento algumas para aqueles que quiserem conhecer: Nazarethe Fonseca, Guilia Moon, etc; e agora a mais nova Kamila Delensky.

A história toda gira em torno de Lucia Píer Eli, uma jovem bibliotecária da escola Santa Rosa. Ela mora em São Paulo com a avó Marisa e a irmã Lara, seus pais moram longe, cada um em um país. Ela se sente muito triste com a “fuga” de seu pai. Lucia não consegue ter um relacionamento apesar de alegar que estava fazendo um recrutamento de pretendentes. De certa forma sua vida era pacata até que sua avó a inscreveu em um concurso para conhecer um ator hollywoodiano mais cobiçado pelas mulheres e paparazzis, o inglês Richard Clevehouse.

Um ponto negativo que achei foi o começo do livro, cheguei até pensar em desistir, pois aquele Charles é um chato de galocha. Porém minha persistência falou mais alto e eu continuei.

Pontos positivos ela descreve sua personagem de tal forma que me identifiquei por dois pontos. Primeiro ela adora os seus livros. Segundo, uma fala da personagem: “Eu tenho o terrível costume de ler o final para não criar falsas expectativas. Se o destino dos personagens já estava escrito, por que eu me consumiria em saber se o mocinho e a mocinha ficariam juntos”, isso é o que sempre costumo fazer.

Cada capítulo lido te leva a sentir as emoções dos personagens, as constantes perseguições, o desespero dos personagens em ficarem juntos. Kamila consegue nos fazer sentir toda trama da história.

É um livro (por que não dizer) muito criativo, sua trama foge do vampirismo, anjos, lobisomens. Eu a todo o momento esperava que o Richard fosse dizer que era um ser sobrenatural, mas me surpreendi muito com o desfecho da história.

Eu indico como uma boa leitura.

Um comentário:

  1. Oi, Denise.
    Parabéns pela resenha, muito criativa e inteligente.
    Aliás, seu blog está maravilhoso.
    Já li Estrela Píer e simplesmente amei.
    Realmente o Carlos é um mala, mas o Rich, bem o Rich é um caso a parte, me apaixonei completamente.
    Bjos.

    ResponderExcluir